Com a hipnótica coreografia realizada por uma socialite interpretada por Margaret Qualley, a marca japonesa de perfumes Kenzo lança seu novo e agressivo comercial, dessa vez dirigido por Spike Jonze. Não é a primeira vez que um diretor de cinema coloca seu esforço no mundo publicitário (o inverso costuma ser mais comum), o resultado na maioria das vezes são comerciais com mais profundidade, expressão e intensidade, além de uma bela técnica fotográfica.

A história mostra um momento de catarse de uma jovem socialite que, no início do filme está ouvindo um discurso entendiante, o som é abafado e não é possível entender nada que o locutor diz. Enquanto todos se divertem com discurso, a socialite mostra claramente que não aguenta mais estar ali e explode ao sair do salão. Sua loucura é acompanhada de uma coreografia feita por Amanda Hameline (que também fez “Chandelier” de Sia) e da música Mutant Brain the Sam Siegel (irmão de Spike Jonze).

 

Be Sociable, Share!