Ângulos de câmera podem comunicar um monte de emoções diferentes para o seu público, mas nenhuma tão grande como o ângulo holandês.

O ângulo holandês é uma técnica de filme onde a câmera está inclinada em um ângulo diferente do que estamos acostumados para fazer a audiência sentir uma série de diferentes emoções, como o medo, inquietação ou mesmo embriaguez. O ângulo holandês aumenta a angústia psicológica e tensão, criando um ambiente cinematográfico que nos dá uma experiência emocionante de suspense que vai de encontro com a inquietação do personagem.

1415628269290870053

Também conhecida como inclinação holandesa, inclinada e ângulo oblíquo, o ângulo holandês foi usado pela primeira vez em 1920 no filme de terror de Robert Wiene, O Gabinete do Dr. Caligari.

É uma técnica interessante mas que também pode ser terrivelmente abusada. Um ângulo holandês é como sal: você pode usá-lo para dar um sabor especial, mas se usar demais pode deixar um gosto ruim na boca das pessoas.

O cineasta e editor Jacob T. Swinney reúne no vídeo acima uma variedade de cortes com o sutil ângulo holandês. Dê o Play.

Curtiu? Só espalhar 🙂